shadow

A eterna luta humana é estar de bem com a vida. É experimentar a leveza e conhecer a felicidade.

Por que isso é tão inconstante?

Porque não é a realidade diária?

Por que somos vítimas da nossa própria instabilidade?

Por que decidimos optar pela felicidade e não conseguimos segurá-la dentro de nós?

Por que a certeza e a dúvida conflitam tanto?

Por que lutamos, sentindo que algo está sendo esquecido?

Por que denunciamos as atitudes alheias esquecendo-se de refletir sobre as nossas?

Por que as surpresas assombram nossas certezas?

Por que enriquecemos em conteúdo e empobrecemos em atitude?

Por que as intenções são impecáveis e as ações são deploráveis?

Por que cansamos nas obrigações e desistimos de recomeçar?

Por que sucumbimos diante de sonhos e projetos tão edificantes?

Por que o mundo nos abala tanto e ao mesmo tempo inspira o caminho?

Que dualidade é essa que não permite que sigamos nossos passos e respeitemos o compasso e o descompasso?

Qual a resposta a tantas indagações?

Será que há alguma convincente?

A resposta mais correta, neste momento é não sei. Porém, existem possibilidades. Uma delas é considerar a força da energia sobre nós. Quando somos influenciados pela energia da sombra, nossas forças são sugadas e tudo perde o sentido.

Quando estamos envoltos na energia da luz, a força é tamanha, que nada parece abalar a intenção e a ação.

É claro que existem outras respostas também. Mas neste momento, quero incentivar a todos para observarem mudanças bruscas no humor, na certeza, no sonho, na expectativa de uma segunda-feira, na condução correta da profissão, no casamento, na família, enfim, nas rotinas pessoais de todos nós.

Quero que atentem ao exato momento que algo murchou seu entusiasmo e sua harmonia interna.

Peço que não permaneçam na sintonia da sombra, pois ela é que comanda, quando nossa fé está abalada.

Façam um movimento interno priorizando uma comunicação em busca do amor, da quietude, do perdão.

Sejam humildes e peçam ajuda a sua força. Ela pode estar abafada e diminuída, mas nunca deixou de ser sua.

Acalme sua respiração e vasculhe até encontrar uma pista que o leve de volta a você mesmo.

Lembrem-se: A sombra e a luz existem para que possamos crescer, evoluir.

O estado sombrio é o que precisamos curar. O que a maioria faz é entregar-se a ele. É jogar-se na lama. É rastejar pela vida com um olhar de vítima e coitadinho. É chegada a hora de:

Despertar para a existência destes dois mundos em nós.

Decidirmos qual deles irá prevalecer?

Entender a energia que não se vê, mas que é real.

Se perguntar com toda honestidade possível: quem está no comando da minha vida?

Fique atento, e pense nisso!

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Comments

    1. Irlei Hammes Wiesel    

      Obrigado pelo comentário! Vamos em frente!
      Irlei

      Irlei Hammes Wiesel

Deixe uma resposta