shadow

“Cada dia me convenço mais que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional”. (Carlos Drummond de Andrade).

O amor é um bálsamo e uma força que nos impulsiona. Além de ser uma luz que transforma qualquer caminho em um trajeto possível.

Muitas vezes, nos desmotivamos em meio ao nevoeiro das situações pesadas, não é mesmo? Afinal não há como fugir da estrada a nossa frente. Ela esconde bifurcações e trilhas, por vezes, assustadores.

Sem forças, sucumbimos devido às provações que nos são impostas. Desistimos de dar o melhor e escolhemos parar em alguma esquina para recuperar as forças perdidas. Esta parada é fundamental para recompor o frescor da esperança.

Mas atenção, nem todas as pessoas, após uma parada estratégica, voltarão a caminhar com foco e fé.

Aqueles que estão soterrados em sentimentos pesados e mergulhados na escuridão da revolta, mágoa, ódio, inconformismo, raiva, falta de amor por si mesmo e pela estrada que lhe foi gentilmente cedida pela força divina, dificilmente seguem trajetos sadios.

Elas não entendem que a doação da estrada é uma dádiva, nela há espaço, tempo e oportunidade para lavar a alma, substituir velhas roupagens por novas e investir em uma visão de vida mais evoluída e espiritualizada.

Aquele que inicia a jornada, movido pela chama do amor, certamente terá êxito no caminho, uma vez que a energia do amor revela soluções e entendimentos mais amplos sobre tudo.

A dor é inevitável para todos, mas o sofrimento sempre será amenizado pela sabedoria do amor. Somos fãs de tantas celebridades, não é? Que tal:

  • Sermos fãs da energia do amor?
  • Investirmos na cura de tudo que nos afasta do amor?
  • Transmutarmos o peso de correntes pesadas por asas de borboleta?
  • Matricular-nos na escola da vida e aprender sobre o poder do amor?
  • Treinarmos com as plantas, pássaros, estrelas, lua, vento, flores até chegar ao nosso coração?
  • Amar-se e, amar o caminho que nos foi presenteado?
  • Recomendar o amor nos negócios?
  • Introduzir o amor na prosperidade?
  • Que tal transformar o amor no maior sucesso do planeta? Que tal?

Sejamos vendedores e compradores de amor, assim seremos multiplicadores do desejo dos anjos!

Irlei Hammes Wiesel

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Deixe uma resposta